Como será a Pós

Na contemporaneidade, constituir família continua sendo um dos mais important es projetos de vida das pessoas, tido por  muitos como um sonho a realizar. A fertilidade humana ocupa um lugar de destaque no ciclo vital e os problemas relacionados à procriação vêm crescendo em proporções relevantes. Além dos fatores fisiológicos que compõem o espectro de causas da infertilidade, que podem ser femininas, masculinas, ou de ambos, os muitos desafios da atualidade, que determinam os estilos de vida das pessoas, fazem parte do espectro causal, multifatorial. Quando aparecem obstáculos à realização do sonho de procriar, surge, assim, a necessidade de atenção especializada dos profissionais de saúde para que possam responder às especificidades de cada caso, abordagem preconizada no mundo, ou seja, a abordagem centrada no paciente. Há uma
grande demanda social que cada vez mais busca ajuda dos tratamentos reprodutivos, exigindo a formação de especialistas na área, com foco na mirada psicossocial. É fato conhecido que o diagnóstico de infertilidade
representa uma experiência dolorosa, impactante, geradora de muito sofrimento a quem o enfrenta. Isso exige que a equipe de saúde envolvida na Reprodução Assistida tenha um olhar ampliado a fim de viabilizar uma atenção humanizada e integrada, em que os multifatores presentes na infertilidade são considerados na condução do tratamento, em suas diversas fases.

A área reprodutiva tem apresentado um vertiginoso progresso contemplando grandes avanços desde o nascimento do primeiro bebê da fertilização in vitro (FIV), em 1978, na Inglaterra. O aperfeiçoamento das técnicas reprodutivas é uma realidade em constante mudança que traz inúmeros desafios não apenas à área médica, mas a todas as áreas envolvidas neste campo. A Reprodução Assistida por apresentar um potencial importante de influências socioculturais, demanda que a equipe multiprofissional envolvida, esteja instrumentalizada para uma atuação psicossocial eficiente e eficaz, focada nas necessidades dos pacientes.

Aulas

Carga Horária: 360 horas

Dias de Aula: Sábado das 8h às 18h; Domingo das 8h às 13h e 5 horas de estudo dirigido

Total de horas por Fim de semana: 20 horas

Investimento

Taxa de Matrícula: R$ 100,00

Investimento: 22 parcelas de R$ 500,00*

Opções de Pagamento:

*Pagamentos realizados até o dia 10 de cada mês terão desconto pontualidade. Caso haja atraso no pagamento, perde desconto pontualidade e valor vai para R$ 550,00. A mensalidade será cobrada a partir do dia 10 do mês seguinte a data de conclusão do processo seletivo, já iniciada a turma ou em andamento.

Público Alvo

O participante deve ter, no mínimo, curso de graduação universitária, reconhecido ou revalidado pelo Ministério de Educação e Cultura – MEC. Psicólogos, enfermeiros, biomédicos, embriologistas, médicos alunos a partir do 9º período de Psicologia e outros profissionais de saúde interessados.

Conteúdo Abordado

Módulo 1
– Introdução À Atenção Psicossocial Na Infertilidade.

Módulo 2
– Anátomo-Fisiologia Do Sistema Reprodutor Humano,
– Atenção Psicossocial Na Saúde.

Módulo 3
– Psiconeuroimunoendocrinologia,
– Embriologia Clínica.

Módulo 4
– Férias.

Módulo 5
– Endocrinologia Reprodutiva,
– O Embriologista E O Biomédico Na Atenção A Pacientes Inférteis.

Módulo 6
– Processos Emocionais Em Pacientes Inférteis,
– A Problemática Biomédica Da Infertilidade.

Módulo 7
– As Famílias E As Novas Configurações Contemporâneas,
– A Enfermagem Na Atenção E Cuidado A Pacientes Inférteis.

Módulo 8
– Nutrição E Infertilidade,
– Aspectos Psicológicos De Casais Em Diversos Contextos De Rha.

Módulo 9
– Desenvolvimento Humano E Influências Das Técnicas De Rha – Visão Médica,
– Desenvolvimento Humano E Influências Das Técnicas De Rha – Visão Psicossocial.

Módulo 10
– Lutos Em Infertilidade E Suas Repercussões,
– Metodologia Científica.

Módulo 11
– Férias,

Módulo 12
– Aspectos Sócio-Antropológicos Da Reprodução E Da Infertilidade,
– O Casal Contemporâneo E Suas Peculiaridades.

Módulo 13
– Epigenética E Suas Implicações À Infertilidade E Rha,
– Genética E Infertilidade – Diagnóstico E Aconselhamento Genético.

Módulo 14
– Sistema De Gestão De Qualidade Nos Serviços De Rha,
– Atenção A Transgêneros Em Rha.

Módulo 15
– Perinatalidade, Infertilidade E Reprodução Assistida,
– Interdisciplinaridade E Trabalho Em Equipes.

Módulo 16
– Férias.

Módulo 17
– Preservação Da Fertilidade – Visão Médica,
– Preservação Da Fertilidade – Um Tema Da Contemporaneidade.

Módulo 18
– Sexualidade, Infertilidade E Rha,
– Qualidade De Vida E Infertilidade.

Módulo 19
– Aspectos Legais E Bioéticos Da Rha,
– Psicoeducação Aplicada À Infertilidade.

Módulo 20
– Protocolos De Atenção Psicológica Em Rha,
– Tópicos Avançados De Pesquisa Em Saúde.

Módulo 21
– Estágio Supervisionado (Local) – Orientação de Estágio.

Módulo 22
– Orientação do Trabalho de Conclusão.

Objetivo

Na contemporaneidade, constituir família continua sendo um dos mais important es projetos de vida das pessoas, tido por  muitos como um sonho a realizar. A fertilidade humana ocupa um lugar de destaque no ciclo vital e os problemas relacionados à procriação vêm crescendo em proporções relevantes. Além dos fatores fisiológicos que compõem o espectro de causas da infertilidade, que podem ser femininas, masculinas, ou de ambos, os muitos desafios da atualidade, que determinam os estilos de vida das pessoas, fazem parte do espectro causal, multifatorial. Quando aparecem obstáculos à realização do sonho de procriar, surge, assim, a necessidade de atenção especializada dos profissionais de saúde para que possam responder às especificidades de cada caso, abordagem preconizada no mundo, ou seja, a abordagem centrada no paciente. Há uma
grande demanda social que cada vez mais busca ajuda dos tratamentos reprodutivos, exigindo a formação de especialistas na área, com foco na mirada psicossocial. É fato conhecido que o diagnóstico de infertilidade
representa uma experiência dolorosa, impactante, geradora de muito sofrimento a quem o enfrenta. Isso exige que a equipe de saúde envolvida na Reprodução Assistida tenha um olhar ampliado a fim de viabilizar uma atenção humanizada e integrada, em que os multifatores presentes na infertilidade são considerados na condução do tratamento, em suas diversas fases.

Comment Images
Dr. Danilo Suassuna Martins Costa

CEO do Instituto suassuna, membro fundador e professor do Instituto Suassuna; Psicoterapeuta há quase 20 anos, é psicólogo, mestre e doutor em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás(PUC-GO); Especialista em Gestalt-terapia pleo Instituto de Treinamento e Pesquisa em Gestal-terapia de Goiânia (ITGT - GO). Doutor e Mestre em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2008) possui graduação em Psicologia pela mesma instituição. Pós-Doutorando em Educação; Autor dos livros: Histórias da Gestalt-Terapia – Um Estudo Historiográfico; Renadi - Rede de atenção a pessoa idosa; Supervisão em Gestalt-Terapia; Teoria e Prática; Supervisão em Gestalt-Terapia: O cuidado como figura; Foi professor da PUC - GO e do ITGT - GO entre os anos de 2006 e 2011; Membro do Conselho Consultivo da Revista da Aborgagem Gestáitica: Phenomenological Studies (RAG), além de consultor Ad - hoc da Revista em Psicologia em Revista (PUC - Minas); Organizador do livro Supervisão em Gestaltt-Terapia, bem como autor de artigos na área da Psicologia; Professor na FacCidade.

Comment Images
Ms. Katia Maria Straube

Psicóloga pela PUC-PR, mestre em Sociologia pela UFPR, com tema em Reprodução Assistida, psicóloga certificada pela SBRA – Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida. Especialista em Psicologia Clínica, em Psicologia e Psicoterapia Infantil e em Terapia Familiar Sistêmica. Psicóloga da Androlab Reprodução Humana e do Instituto de Fertilidade Feliccità, em Curitiba-PR. Coordenadora do 1º Consenso de Psicologia em Reprodução Assistida – 16º Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida, da SBRA, em Guarujá, 2012. Co-coordenadora do 17º, 18º, 19º, 21o e 22o congressos da SBRA, em 2013, 2014, 2015, 2017 e 2018, respectivamente. Coordenadora latino-americana do Comitê Delineamentos Iberoamericanos a Profissionais de Saúde Mental – Grupo Psicosociales da ALMER (Associação Latino Americana de Medicina Reprodutiva) – 2014. Membro do Grupo Psicosociales da ALMER – Associação Latino Americana de Medicina Reprodutiva. Professora de PósGraduação nas áreas de Educação e Saúde. Autora dos livros infantis: Lab – o planeta que fabricava bebês, 2010, Ed. Expoente e Muitas famílias em Lab, 2013. Ed. Expoente. Autora do livro: Educação e Infância: raízes históricas – Ed. Know How, 2011. Colaboradora no livro: Psicologia e Reprodução Humana Assistida: uma abordagem multidisciplinar, capítulo: Repercussões Psicossociais da Reprodução Assistida em casais inférteis. Ed.Santos, 2009. Co-organizadora dos livros: Temas Contemporâneos de Psicologia em Reprodução Humana Assistida – vol. 1, Ed. Livre Expressão- 2013 e vol. 2, Ed. Livrus – 2015. Palestrante no 13th Redlara General Meeting em Buenos Aires, de 25 a 28 abril, 2017. Diretora da Espaço do SER – Psicologia Clínica, Psicopedagogia e Atenção Integrada aos Problemas de Fertilidade, Curitiba-PR.

Comment Images

Acompanhe nosso blog

9 jul
Blog
Impotência em Adolescentes: cada vez mais comum

A adolescência é um período crucial no desenvolvimento humano, marcado...

9 jul
Blog
Peso da liberdade e a falta de vontade: uma geração que não gera

Por que é tão desafiador para a nova geração, seja...

9 jul
Blog
Overthinking: A Falta de Pensamento

Overthinking: A Falta de Pensamento Por Dr. Danilo Suassuna e...