Nasce uma mãe, nasce um pai

  • 19 jun

Nasce uma mãe, nasce um pai

Uma menina, filha, nascendo MÃE,

Um menino, filho, nascendo PAI.

 

São tantas exigências sobre o casal que recebe o filho e pouco cuidado com sua fragilidade.

Há dor.

Nascer dói.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Há tanto mistério envolvendo os nascimentos e tudo emerge, ali, naquele tempo precioso, enquanto atravessam a ponte que separa o seu antes e depois. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Ah… existem tantas histórias e marcas sendo levadas juntas para o “lado de lá”. Experiências que não temos escolha, senão (Re) nascer com elas. E quanto a isso, pouco sabemos. Pouco se fala. Pouco se prepara…
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Ao nascer mãe, há também despedidas, perdas, lutos,

Ao nascer, pai, muito se enterra.

Por trás de cada nascer, há tanta história. Há tantos lutos, dores, vazios… ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Dói! Nascer dói.

E já nascemos uma vez

Já tivemos o nosso começo de vida. Nossos pais já estiveram aí, parindo-se… e como deve ter sido difícil para eles também… sempre é… ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Cuidemos do começo da vida,

Das mulheres,

Dos homens,

e dos bebês que nascem. ❤️❤️❤️

 

KARLA CERÁVOLO
Psicóloga, coordenadora da pós de Psicologia Perinatal e Obstétrica.
@karla.ceravolo

Compartilhe:
Abrir bate-papo
Fale agora pelo Whatsapp!