05 fatores que promovem qualidade de vida do colaborador a partir da promoção da prática esportiva

Um estudo recente feito pela Universidad Catolica del Maule no Chile trouxe resultados promissores sobre a prática esportiva associada à produtividade no trabalho. Segundo foi observado, pessoas que praticam esportes nos dias de trabalho reduzem, de forma significativa, a incidência de doenças relacionadas ao estresse e sedentarismo, fato este que tem chamado atenção de empresas goianas.

A pesquisa foi feita com a observação diária de 20 colaboradores em diferentes departamentos da própria universidade chilena e o resultado não poderia ser melhor. Com apenas 30 minutos de exercício físico, o grupo descreveu ter sentido uma redução nos fatores de estresse, ansiedade e aumento do sentimento de positividade.

Se a preocupação com a qualidade de vida é crescente, a discussão sobre a necessidade da prática esportiva é um tema necessário nos vários contextos de vida e de trabalho. Isso porque, a prática de esportes pode ter um impacto positivo na vida profissional e na qualidade de vida dos indivíduos sendo interesse dos núcleos de gestão de pessoas para que haja cada vez mais bem-estar e satisfação no ambiente de trabalho, afim de favorecer os resultados e reduzir as ausências e afastamentos.

É importante que se atente aos fatores que promovem a necessidade de discutirmos a pratica esportiva do colaborador/parceiro e optamos por destacar alguns aspectos:

1 – Melhora do bem-estar físico: A prática regular de atividade física pode melhorar a saúde geral dos indivíduos, incluindo a redução do risco de doenças crônicas, aumento da energia e da resistência, além de ajudar a manter um peso saudável. Tudo isso pode levar a uma sensação geral de bem-estar e a um aumento na produtividade no trabalho;

2 – Redução do estresse: O esporte é conhecido por ajudar a reduzir o estresse e a melhorar o humor. Isso pode levar a uma melhora na qualidade de vida e a uma redução na probabilidade de problemas de saúde mental, como ansiedade e depressão. Além disso, a prática regular de esportes pode ajudar a melhorar a capacidade de lidar com situações de estresse no trabalho.

3 – Criação de laços sociais: A prática de esportes em equipe pode ajudar a criar laços sociais e a fomentar a colaboração e a cooperação entre colegas de trabalho. Isso pode levar a uma cultura mais positiva e a uma melhora na dinâmica de equipe.

4 – Desenvolvimento de habilidades de liderança: A prática de esportes pode ajudar a desenvolver habilidades de liderança, como a capacidade de trabalhar em equipe, a habilidade de comunicação e a capacidade de motivar e inspirar outros. Isso pode ser transferido para a vida profissional e ajudar a melhorar a performance no trabalho.

5 – Valorização do trabalhador: Oferecer programas de esportes e atividades de bem-estar para os funcionários pode mostrar que a empresa valoriza o bem-estar de seus trabalhadores. Isso pode aumentar a lealdade e o comprometimento dos funcionários com a empresa, além de atrair novos talentos.

Empresas que possuem espaço físico disponível podem disponibilizar, viabilizando ainda maior agregação de valor a marca, atividades físicas internas, no intervalo do trabalho, ou ainda melhor, criar competições entre times da própria organização. Se não é o caso da sua empresa, é importante que em momentos de confraternização ou de outras possibilidades de encontro da equipe, se mobilize as praticas em comum para propiciar maior engajamento.

Falar sobre o assunto na intranet, em treinamentos bem como envolver o colaborador em eventos esportivos patrocinados pela empresa, envolvendo uma estratégia em conjunto com a equipe de marketing, pode gerar cada vez mais envolvimento do colaborador com a rotina, visto a relevância da valorização do colaborador em relação as suas ações ligadas ao esporte.

Parcerias com redes de academia, ou programas que promovem atividades do tipo são oportunidades para o time de gestão de pessoas ativar o organismo organizacional sobre o autocuidado e a promoção da saúde. Afinal, entregas de alto rendimento só são possíveis quando a preparo e adequado ajuste de autocuidado por parte do colaborador em sua rotina.

Por fim, destacamos alguns dos caminhos possíveis para integrar hoje, o time da sua empresa, a um núcleo de praticas e promoção a atividade esportiva:

SESC – o SESC está presente em todo pais, com foco nos profissionais da área do comércio – vale a pena visitar os CNAES de seu CNPJ para validar a compatibilidade – e havendo, seu colaborador pode se dirigir a unidade mais próxima, credenciar ele e sua família e aproveitar as atividades;

GYMPASS ou TOTALPASS: Com o Gympass ou TotalPass, os colaboradores têm acesso ilimitado a academias, estúdios, aulas, treinos e aplicativos de bem-estar – tudo em um único benefício; realizando o credenciamento de sua empresa, seu colaborador tem acesso a redes nacionais de academias que oferecem esportes distintos, como musculação, lutas, dança e etc. e permite ajustes a sua rotina, afinal, muitas dessas academias são 24hs.

PARCERIA COM CLUBES: Verifique na sua região clubes como a AABB, ou outros regionais ou não, que permitem ao colaborador atividades de lazer e práticas esportivas que melhore sua vida e sua rotina.

Na pós-graduação em gestão de pessoas do Instituto Suassuna, dedicamos alguns de nossos módulos a discutir como promover saúde ao colaborador e trazer resultados positivo a organização. O processo de construção de resultados satisfatórios passa pela compreensão da lógica do bem-estar humano, da cultura saudável e do processo de mensuração e validação dos dados. Se desenvolva no lugar certo, faça IS.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

MATERNIDADES PLURAIS

Já se deu conta do tanto de mães que existem no nosso Brasil? Eu tenho a imensa felicidade em poder trabalhar e viver com mulheres-mães

Leia mais »